Ponte romana submersa no Paiva?

As bravas e profundas águas do Rio Paiva podem esconder um importante tesouro arqueológico, que vários pesquisadores têm vindo a investigar.

A revista “Humanitas” editada pelo Instituto de Estudos Clássicos da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, publicou no seu volume LXVI (2014) um artigo de Nair de Nazaré Castro Soares, onde é abordada a questão da existência de uma ponte romana submersa no Rio Paiva, que serviria de travessia no percurso entre Lamego e as cidades do litoral, na região de Alvarenga – Arouca.
O artigo faz referência à descoberta de grandes blocos de granito, submersos a sete metros de profundidade, em Janarde (Arouca), ligados por vestígios de metal encastrado, que se supõe serem as fundações de uma ponte que ligava os lugares de Louredo e Janarde. A descoberta foi feita ocasionalmente pelo Dr. Hélio Mário de Castro Pereira através da realização de prática desportiva de “mergulho de apneia”.

O facto da existência de referências históricas a vias romanas que cruzavam a região, e a inexistência de granito naquela zona, fazem com que alguns investigadores não tenham dúvidas que os vestígios encontrados são as ruinas da antiga ponte romana sobre o Rio Paiva, facto que terá que ser avaliado e confirmado pela realização de estudos de pormenor.

Fonte: Soares, Nair de Nazaré Castro, “Achado arqueológico: ponte submersa no rio Paiva em Alvarenga”. Imprensa da Universidade de Coimbra, 2014.

janarde arouca rio paiva

Janarde (Arouca) – Imagem “Google Earth” 2013

  1 comment for “Ponte romana submersa no Paiva?

  1. Joaquim Soares
    11 Janeiro, 2015 at 17:33

    Muito interessante! Obrigado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.