ETAR da Ponte Pedrinha com fim à vista

sec estado ponte pedrinha
Secretário de Estado visitou a ETAR da Ponte Pedrinha (foto: C.M. de Castro Daire)

Paulo Lemos, Secretário de Estado do Ambiente presidiu no passado dia 28 de Fevereiro, à inauguração da ETAR da Granja e à apresentação da nova ETAR de Castro Daire, que vai finalmente substituir a velha estação de tratamento da Ponte Pedrinha, que há muito funciona de forma deficiente, subdimensionada e considerada uma das principais fontes de poluição do Rio Paiva.

Após a inauguração da Estação de Tratamento de Águas Residuais da Granja, que vai servir as freguesias de Cujó, S. Joaninho e a Aldeia da Granja, o Secretário de Estado lembrou os problemas graves de poluição que existem em Castro Daire e a urgência na sua resolução. “O próximo desafio é a ETAR de Castro Daire. É fundamental neste Quadro Comunitário que todas as situações de incumprimento, de grande poluição dos nossos rios, sejam resolvidas”. Em Portugal existem actualmente cerca de 20 municipios em incumprimento da Directiva Quadro da Água. Castro Daire é um deles.

O Secretário de Estado lembrou que a Comissão Europeia instaurou uma acção no Tribunal de Justiça da EU contra Portugal por aplicação incorrecta da directiva da UE relativa ao tratamento de águas residuais urbanas. A Europa solicita a imposição de uma multa fixa de 4.458. 828 euros, e a aplicação de uma coima diária de 20.196 euros pelos incumprimentos de Portugal nesta matéria, até que o país cumpra as normas de tratamento de águas residuais urbanas.

Nesse sentido, Paulo Lemos fez um apelo aos autarcas, nomeadamente à Câmara de Castro Daire, para que avancem com a resolução dos problemas de tratamento das águas residuais que estão a contaminar os rios.

O Projecto só não vai avançar este ano por falta de tempo para concluir o processo antes do final do ano, mas entrará no próximo Quadro Comunitário de Apoio (QCA) através do programa ambiental POSEUR – Programa Operacional para a Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos.

Em Março deverá ser lançada a candidatura aos fundos comunitários. A nova ETAR de Castro Daire vai custar mais de 6.000.000 de euros, deverá estar concluida em 2017 e ficará localizada no lugar de Arinho, junto à EN 225 (foto em baixo) cuja ETAR vai ser igualmente encerrada e substituida por esta nova infraestrura.

A Associação S.O.S. Rio Paiva marcou presença nesta iniciativa e congratula-se com o arranque do processo de construção da nova ETAR de Castro Daire, continuando a exigir a erradicação de todos os focos de poluição do Rio Paiva e seus afluentes. Há mais de 7 anos que a S.O.S. Rio Paiva denuncia o mau funcionamento das Estações de Tratamento de Águas Residuais e continuará a pugnar pelo cumprimento da lei e pela preservação do Rio Paiva.

etar-arinho-castro-daire 750

Terreno onde será construída a nova ETAR de Castro Daire (lado direito da imagem)

Artigos relacionados:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *