Descargas de esgotos para o Rio Paiva

Para que percebam melhor o que se passa em Vila Nova de Paiva, e porque está em causa o bom nome do nosso Movimento e daquela Câmara fica este pequeno filme de esclarecimento e a nossa exigência que não sejam feitas mais descargas de esgotos sem tratamento para o Rio Paiva.

Cronologia:

19 de Julho de 2009
O SOS Rio PaivaRio Paiva descobre uma enorme quantidade de esgotos sem tratamento a cobrir todo o leito do Rio junto da ETAR de Vila Nova de Paiva, num cenário moribundo com cheiros nauseabundos e uma espessa camada de espuma e dejectos que pode ser vista aqui: FOTO

21 de Julho de 2009
A praia fluvial de Fráguas (cerca de 3 km a jusante da ETAR) é considerada a pior do país em termos de qualidade da água estando interdita a banhos.

5 de Agosto de 2009
A população de Fráguas desloca-se à Câmara Municipal de Vila Nova de Paiva para exigir explicações dos responsáveis autárquicos sobre o funcionamento da ETAR e a poluição do rio.

Nesse dia é promovida uma reunião de esclarecimento/debate no Salão Nobre da Câmara onde estão presentes o Presidente da Câmara, Vereadores, técnicos camarários, população de Fráguas e representantes do SOS Rio Paiva.

Nessa reunião o Presidente da Câmara assume que existem problemas com o funcionamento da ETAR, que há várias ligações ilegais à rede de saneamento inclusive do Bairro Municipal e que a ETAR não tem capacidade para comportar todo o volume de águas principalmente quando chove. Compromete-se a resolver o problema em 90 dias.

4 de Dezembro de 2009
Terminado o prazo de 90 dias, o SOS Rio Paiva solicita ao novo executivo da Câmara de Vila Nova de Paiva (entretanto eleito) esclarecimentos sobre o resultado das diligências tomadas durante este período e se a referida ETAR continua ou não a efectuar descargas poluentes para o leito do Paiva.

9 de Dezembro de 2009
A Câmara de Vila Nova de Paiva responde num texto assinado pelo novo Presidente José Morgado Ribeiro referindo que “as obras estão em decurso com vista à resolução do problema.”

13 de Janeiro de 2010
Num artigo publicado no jornal on-line “Planeta Azul” o Arquitecto da Câmara de Vila Nova de Paiva, Paulo Lopes desmente que existam problemas no funcionamento da ETAR referindo: “Isso são histórias que foram parar à comunicação social”.

Denúncias:

Em 2009 o SOS Rio Paiva denunciou o mau funcionamento da ETAR de Vila Nova de Paiva para várias entidades:

  • O SEPNA-GNR disse que estava tudo bem contrariando o próprio presidente da Câmara de Vila Nova de Paiva que disse que a ETAR funcionava mal…
  • O ICNB encaminhou a denúncia para a IGAOT (Inspecção Geral do Ambiente)
  • IGAOT remeteu a queixa para a Administração da Região Hidrográfica do Centro.

Até hoje a ARH-Centro não disse nada!…

rio paiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.