Aprovada a Candidatura da Carta Europeia de Turismo Sustentável das Montanhas Mágicas

montanhas magicas rio paiva

A candidatura da Carta Europeia de Turismo Sustentável das Montanhas Mágicas promovida pela ADRIMAG, na qual participa a SOS Rio Paiva – Associação de Defesa do Vale do Paiva, foi aprovada pelo Conselho da Federação Europarc.

Submetida em janeiro de 2013 a candidatura já tinha sido analisada previamente pelo Comité de Avaliação reunido em Madrid, que recomendou que fosse atribuído ao território das Montanhas Mágicas o galardão da Carta Europeia de Turismo Sustentável.

A assinatura e entrega deste Galardão/Certificado decorrerá no dia 6 de novembro de 2013, em Bruxelas, em cerimónia a realizar para o efeito, na qual a ADRIMAG e o território “Montanhas Mágicas” estarão devidamente representados.

As “Montanhas Mágicas” abrangem uma vasta área geográfica correspondente à área administrativa dos municípios de Arouca, Castelo de Paiva, Castro Daire, Cinfães, São Pedro do Sul, Sever do Vouga e Vale de Cambra, na qual de inserem os sítios classificados da Rede Natura 2000 – serras da Freita e Arada, serra de Montemuro, rio Paiva e rio Vouga, e ainda o Arouca Geopark.

Os agentes públicos e privados comprometem-se através deste projecto, a desenvolver o turismo sustentável neste vasto território, a nível ambiental, económico, social, cultural e científico-pedagógico.

Adrimag_CETS SOS rio paiva

Ao longo deste processo a Associação SOS Rio Paiva fez questão de salientar que não é sustentável avançar com projectos de âmbito turístico no vale do rio Paiva sem que sejam primeiro identificados e eliminados os focos de poluição do rio, nomeadamente o conjunto significativo de Estações de Tratamento de Águas Residuais (ETAR) que funcionam de forma deficiente nos concelhos de Castro Daire e Vila Nova de Paiva.

Será necessário agora implementar a Estratégia de Desenvolvimento Turístico Sustentável e executar o respectivo Programa de Acção, ao longo dos próximos 5 anos.

A SOS Rio Paiva é parceira da Câmara Municipal de Castro Daire e Associação de Produtores Florestais de Montemuro e Paiva na acção “Rio Paiva”.

Artigos relacionados:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *